GLOBO APOSTARÁ EM CENA DE PEDÓFILO E ABUSO A CRIANÇA PARA ELEVAR IBOPE DE NOVELA

A novela “O outro lado do Paraíso” é um dos carros chefes da Globo no momento,  promete colocar muitos assuntos em polêmica.

Isso tudo, devido ao fato que a trama escrita por Walcyr Carrasco poderá exibir cenas que irão chamar a atenção do público, o  foco da vez é a pedofilia, problemas que afligem a sociedade brasileira.

A novela já mostrou cenas de violência doméstica e agora quer chocar de vez o público com uma cena até então nunca antes vista na TV brasileira, com a menina Laura, interpretada por Luísa Bastos, sendo alvo do namorado de sua mãe, um delegado chamado Vinícius, que é interpretado por Flavio tolezani.

Na trama uma garotinha será abusada. A cada capítulo, a aversão que a garota sente por seu padrasto ficará cada vez mais nítida.Em uma das cenas previstas para ir ao ar, ela irá recusar a permanecer ao lado de Vinícius.

Vinícius além de pedófilo é um homem corrupto e aceita receber propina para livrar nomes da política e do empresariado de investigações policiais.

O personagem em questão, é um delegado que além de pedófilo, é corrupto e frequentemente aceita propinas para não dar continuidade a investigações de casos que muitas vezes envolvem grandes personalidades ligadas à política.

Um aspecto importante disso é que mesmo ele sendo um homem da lei, o mesmo cede às suas concupiscências pessoais.

Ao que parece o autor fará um pulo no tempo de cerca de 10 anos, onde se dá o período dos abusos. A personagem, agora grande, lembrará dos momentos que compartilhou juntamente ao padrasto no decorrer de sua infância. A novela de Carrasco tem recebido muitas críticas pelo teor da violência exposta.

Mesmo que a  novela ainda não tenha exibido essas cenas, já tem dado o que falar entre os espectadores assíduos da emissora carioca.

Muitas pessoas usaram o Facebook para se posicionar a respeito dos possíveis capítulos que ainda irão ao ar.

Algumas pessoas acreditam que tais cenas não deveriam ser exibidas na TV aberta. Por outro lado, muitos outros defenderam o escritor e a emissora, alegando que a verdade deve ser mostrada como realmente é. É possível perceber que as opiniões divergem bastante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *